Devaneios

“Te vejo errando e isso não é pecado
Exceto quando faz outra pessoa sangrar
Te vejo sonhando e isso dá medo
Perdido num mundo que não dá pra entrar
Você está saindo da minha vida
E parece que vai demorar
Se não souber voltar ao menos mande notícias
Cê acha que eu sou louca
Mas tudo vai se encaixar”

Eu estarei de pé. De queixo erguido.
Eu sou um turbilhão de sentimentos. De pensamentos. De coisas. Às vezes é complicado mesmo me acompanhar. Algumas vezes nem eu consigo.
Sabe aqueles discos rígidos fazendo desfragmentação no Windows? Vai e volta tudo rápido? Sim, sou eu…
Sentimentos. Nessas horas realmente queria ser psicopata. Não ter sentimentos. Não entender o que é sentimento.

“Você está sempre indo e vindo. tudo bem
Dessa vez eu já vesti minha armadura
E mesmo que nada funcione
Eu estarei de pé, de queixo erguido”

” Só por hoje não quero mais te ver
Só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham
Não se curam (não)
E essa abstinência uma hora vai passar”.

Pitty. Déjà vu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s